Orientação Vocacional

Orientação Vocacional

Na sua vida terrestre, Jesus dedicou-se de preferência aos pobres, fracos e doentes. Em seu nome e por seu cargo, nós Irmãos da Misericórdia, continuamos aqui e agora esse seu serviço. Por esta razão, nossa atividade visa a ajuda ao corpo, ao espírito e a cura de almas em todo o mundo.

Chamamo-nos de "irmãos", porque Cristo nos chamou para uma comunidade de irmãos: "Irmãos da Misericórdia", por causa da obras de misericórdias que exercemos junto aos necessitados (Const. I, 102).

O jovem que tem interesse em ser Irmão da Misericórdia, tem várias opções de educação e de formação em vista de assumir um serviço aos destinatários da missão da Congregação.

Naturalmente, respeitamos as condições, as possibilidades, os desejos e a capacidade de cada um. Assim, sendo Irmão, você pode servir em todas as funções entre as nossas instituições, através de diversos serviços.

Atuação do Irmão

Como requisitos fundamentais, destacamos primeiramente o Chamado de Deus para a vida religiosa, para a Consagração total a Ele, tendo-O como valor Único e Absoluto em sua vida.

Consequentemente torna-se imprescindível os seguintes elementos:

  • · O amor a Cristo, a Maria e a Igreja
  • · Saúde física e mental
  • · Aptidão para o estudo e a vida acadêmica
  • · Capacidade de discernimento
  • · Abertura para entrar num continuo processo de crescimento a amadurecimento
  • · Disponibilidade e espírito de sacrifício
  • · Sociabilidade
  • · Capacidade para a vida em comunidade
  • · Espírito de oração e interioridade

ETAPAS

Acompanhamento Vocacional

Inicialmente, o jovem que deseja ingressar em nossa Congregação vivencia por um período de acompanhamento externo, ficando sob a orientação do Promotor Vocacional, através de e-mail's, cartas, telefonemas, visitas... Durante este tempo, o jovem é convidado a cultivar em si, a priori, a disposição para ingressar na Congregação e abrir às suas propostas tanto em nível de formação quanto das experiências missionárias dentro do âmbito da Congregação.

Acompanhamento Vocacional

Inicialmente, o jovem que deseja ingressar em nossa Congregação vivencia por um período de acompanhamento externo, ficando sob a orientação do Promotor Vocacional, através de e-mail's, cartas, telefonemas, visitas... Durante este tempo, o jovem é convidado a cultivar em si, a priori, a disposição para ingressar na Congregação e abrir às suas propostas tanto em nível de formação quanto das experiências missionárias dentro do âmbito da Congregação.

Acompanhamento Vocacional

Inicialmente, o jovem que deseja ingressar em nossa Congregação vivencia por um período de acompanhamento externo, ficando sob a orientação do Promotor Vocacional, através de e-mail's, cartas, telefonemas, visitas... Durante este tempo, o jovem é convidado a cultivar em si, a priori, a disposição para ingressar na Congregação e abrir às suas propostas tanto em nível de formação quanto das experiências missionárias dentro do âmbito da Congregação.

Acompanhamento Vocacional

Inicialmente, o jovem que deseja ingressar em nossa Congregação vivencia por um período de acompanhamento externo, ficando sob a orientação do Promotor Vocacional, através de e-mail's, cartas, telefonemas, visitas... Durante este tempo, o jovem é convidado a cultivar em si, a priori, a disposição para ingressar na Congregação e abrir às suas propostas tanto em nível de formação quanto das experiências missionárias dentro do âmbito da Congregação.

O que fazer


Em relação à vida consagrada, pretendo...
Minha família...
Eu...
Já conheci outra congregação como: